sábado, 20 de março de 2010

Quero escrever no teu corpo

Quero escrever no teu corpo
Com língua vestida de prazer
Na pele aveludada do sentir
Com lábios de desejo.

Com letrinhas pequenas
Para saborear cada pedaço
Sentir cada gemido
Tocar em todo o teu ser

Com muita pontuação
Para parar em cada encanto
Vivendo cada segundo
Perdida no teu olhar

Quero escrever no teu corpo
Com toda a minha carícia...

Por isso hoje vais deitar-te e vais esperar por mim

não te vais mexer... vais ficar quietinho à espera que eu te toque

e vou tocar

lentamente, vou descobrir cada pedaço do teu corpo
vou esfregar as minhas mãos no teu peito, nas tuas pernas
vou descansar os meus lábios aqui... e depois ali...
vou passar a minha língua na tua pele macia
vou pegar no teu sexo,
com as mãos, com a boca esfomeada
vou sentar-me no teu ventre, à procura do teu desejo
em movimentos lentos,
vou querer as tuas mãos nos meus seios

depois, em ti cavalgarei até me perder

hoje sou eu que dito as regras!

AMO-TE PEDRO!

8 comentários:

gaivota disse...

que lindo!
bela declaração a corpo inteiro!
muito amor por aí para esse Pedro!
parabéns, minha amiga
beijinhios

Vieira Calado disse...

Acho que tem direito,

sim senhor!

É feio serem sempre os mesmos

a mandar!

Bjs

Anónimo disse...

Que lindo que intenso, vou plagiar alguém ai em cima, que bela declaração ao corpo inteiro! ah te conhece nos comentários do blog senhor cartum, gostei muito do teu blog, vou aparecer sempre!! bjos.

efvilha disse...

Belo canto.

Entre os dramas e as comédias, que mais haverá senão os versos de cada existência que se desdobra, pelo amor, em outras tantas existências vividas no outro.

A.S. disse...

Lyra...

Simplesmente arrebatador! Afffff...

BeijOOO
AL

Sonhos e Devaneios disse...

Parabens...linda declaração de amor.....joao

Margarida disse...

Sem dúvida, uma declaração de amor de um coração para um coração, de um corpo para outro corpo. Dois corpos que se procuram, completam, consomem... que se amam.

Belo texto.

Beijo

Abraço-te disse...

Muito BOM...

Obrigado...

Abraço-te