quinta-feira, 24 de junho de 2010

Cordilheiras...


"Eu quero ter a sensação das cordilheiras
Desabando sobre as flores inocentes e rasteiras
Eu quero ver a procissão dos suicidas
Caminhando para a morte pelo bem de nossas vidas

Eu quero crer na solução dos evangelhos
Obrigando os nossos moços ao poder dos nossos velhos
Eu quero ler o coração dos comandantes
Condenando os seus soldados pela orgia dos farsantes
.
Eu quero apenas ser cruel naturalmente
E descobrir onde o mal nasce e destruir sua semente
.
Eu quero ter a sensação das cordilheiras
Desabando sobre as flores inocentes e rasteiras
Eu quero ser da legião dos grandes mitos
Transformando a juventude num exército de aflitos

Eu quero ver a ascensão de Iscariotis
E no sábado um Jesus crucificado em cada poste
Eu quero ler na sagração dos estandartes
Uma frase escrita a FOGO pelo punho de deus MARTE

Desabando sobre as flores...
Caminhando para a morte...
Obrigando os nossos moços...
Condenando os seus soldados...
Transformado a juventude...
Um Jesus crucificado...

Eu quero ter a sensação das cordilheiras..."


P.S. - Origada Pedro: nunca, nunca mais sentirei solidão na vida!

7 comentários:

Beautiful Stranger disse...

tao desejaveis sensaçoes, acredite em seus sonhos, a mente possui um poder incrivel...


Beautiful Stranger
strangerbeautiful.blogspot.com

O Profeta disse...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo

Graça Pires disse...

Obrigada por este momento com imagens fantásticas, com um belo poema cantado pela Simone.
Um beijo.

Catarina Poeta disse...

As cordilheiras... cada um de nós tem a sua, forte, intensa, viva.
Beijo, querida!

sindro disse...

Oi Adorei o seu blog, passe lá no meu blog de textos, obrigado, até mais!

Malu disse...

Deve ser maravilhoso ter a sensação das cordilheiras...
Amo esta música.
Além de ser uma das canções mais intensas e profundas que conheço.
Abraço

Fanzine Episódio Cultural disse...

COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos, distribuído na região sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Belo Horizonte e Salvador-BA. Para participar basta mandar um artigo: poema, um conto que não ultrapasse 1 folha inteira no word (Times Roman 12). Pode mandar também artigos que abordem: cinema, teatro, esporte, moda, saúde, comportamento, curiosidades, folclore, turismo, biografias, sinopses de livros, dicasde sites, institutos culturais, entre outros.
Mande em anexo uma foto pessoal para que seja publicada juntamente com a sua matéria.. Mande também (se desejar) uma imagem correspondente ao assunto abordado. Caso o artigo não seja de sua autoria, favor informar a fonte.
PARA ENTRAR COM CARLOS (Editor)