segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Amor Combate

Eu quero estar lá
Quando tu tiveres de olhar para trás.
Sempre quero ouvir
Aquilo que guardaste para dizer no fim.

Eu não te posso dar
Aquilo que nunca tive de ti,
Mas não,... te vou negar a visita às ruínas que deixaste
em mim.

Se o nosso amor é um combate,
Então que ganhe a melhor parte.

Se o nosso amor é um combate, o nosso amor é um combae, o nosso amor é um combate...

O chão que pisas sou eu. 
O nosso amor morreu quem o matou fui eu.
O chão que pisas sou eu.

...

17 comentários:

Vieira Calado disse...

Escolheu bem o vídeo para acompanhar
o poema.

Sabe, a mim fizeram-me um, em louvor da Figueira da Luz...

e dos meus 50 Anos de Poesia!...


Bjssss

Graça Pires disse...

Amor dorido: amor combate. Gostei.
Beijos.

Poeta Mauro Rocha disse...

Amores e vida e a vida com seus amores.

Texto e tanto!

Um abraço!!

gaivota disse...

um video para se ler no teu poema que traz a mágoa de um combate, de amor!
feliz regresso, minha amiga
beijinhos

Maria Clarinda disse...

LINDOS o video e o pema!
Jhs

Pelos caminhos da vida. disse...

Perfeito seu post Lyra.

Obrigada pela sua companhia.

beijooo.

O Profeta disse...

Um barco parado no cais de espera
Amarras soltas do frio ferro
Uma gaivota adormeceu sem penas
Uma criança chora no meio do aterro

Cheio de penas amarro a alma
Uma saudade arrocha meu peito
Sou um caçador de nuvens breves
Um romântico sem ponta de jeito

Um barco de papel perdido do norte
Roseira plantada num campo de pedras nuas
Uma casa perdida da sua cidade
Um labirinto feito de mil e muitas ruas


Doce beijo

a alma não está à venda disse...

No amor o combate espera-se leal sem sangue, mas a dor por vezes enriquece-nos. Gostei muito Lyra
Ando ausente do meu blog e até da poesia, mas um dia destes volto.
Obrigada minha querida.
Beijinhos :)
Maria

quanto pesa o vento? disse...

gosto do som da tua lyra que tece palavras cheias de poesia tão preenchidas de tudo.
abraço.

bbrian disse...

Forte,e o amor deixa marcas fortes que não podemos dispensar, respeito, história, vida! Beijos no coraçao!

Sâmy disse...

Ameei esse cantinho, voltarei sempre!

Esepero sua visita iluminada no Crônicas:

http://cronicasrapidas.blogspot.com/

Sâmy disse...

Ameei esse cantinho, voltarei sempre!

Esepero sua visita iluminada no Crônicas:

http://cronicasrapidas.blogspot.com/

BlueShell disse...

Triste mas cativante. Vídeo em harmonia.
Gostei.
Te abraço

O Profeta disse...

O tempo corre em sua em sua invisível viagem
Um Santo nunca dorme no altar
Um barco sobe e desce cada onda do Mar
Um cais de partida também acolhe o chegar

São tantos os mistérios que encontrei na vida
Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
Falei e falo com gente que partiu desta vida
Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

Mágico beijo

quanto pesa o vento? disse...

já tenho saudades tuas.
abraço.

O Profeta disse...

É com “Palavras” que pintarei sonhos
Navegarei mares, voarei sobre o azul do Mar
Aqui virei com elas pintadas de ternura
Aqui dexei um pouco do meu sonhar

Foi um gosto aqui passar


Terno beijo

Rui Pingalouca disse...

Parabéns!
Está muito bom..., ainda bem que existem pessoas que escrevem assim!

cumprimentos