sábado, 14 de junho de 2008

Amar-te-ei sempre!!!


"Se calhar sou doida, sofro da mais antiga enfermidade do ser humano e que ainda nenhum cientista se lembrou de diagnosticar, estudar e classificar como uma patologia: não sei viver sem amor. Preciso de amar e ser amada para viver sem me deixar engolir pela realidade, sem sentir que estou a lutar para me manter à tona.

Nietzsche, que tinha tanto de louco como de sábio, escreveu que a grandeza de um homem está em ser uma ponte e não uma meta. Mas ninguém consegue construir uma ponte sozinho, nem carregar um piano, nem mudar uma casa, por isso aprendi algo mais difícil: aprendi a ficar quieta quando aquilo que mais quero e desejo não depende só de mim. E com essa nova e preciosa lição veio a paz, a tranquilidade, a harmonia dos dias sossegados e das noites de sono
profundo. Aprendi muito contigo, com certeza mais do que possas imaginar. Aprendi com os meus erros, porque é quando se perde que a lição é mais importante. Devia ter ficado quieta mais vezes, devia ter respeitado o teu silêncio e o teu espaço, deixar-te em paz em vez de te pedir o mundo, porque iria sempre amar-te, estivesses ou não ao meu lado, porque fazes parte de mim, mesmo sem saber se és a primeira ou a última peça do meu dominó, mesmo sem saber se o vais pôr de pé ou deitá-lo abaixo.O amor tem o seu próprio mistério, tentar desvendá-lo é um erro, tentar apressá-lo um crime.

O amor é mesmo assim: damos aos outros o nosso melhor sem sequer o saber. E tudo o que damos nunca se perde, nada se perde, apenas se transforma e se guarda numa caixa que só o futuro conhece e desvenda.

Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver.”

Margarida Rebelo Pinto - “Diário da tua ausência”

44 comentários:

Pena disse...

Linda Amiga:
Construiu um Post lindo, repleto de positivismo que me deixa feliz.
Um texto soberbo de encetar uma espera. Um sentir terno de um amor que exige e decora com tudo o que tem a dar de si.
Profundo. Pleno de força e pleno de querer.
Fico mis descansado. Satisfeito por si e pelo descobrir o seu encanto, a sua imensa beleza e o seu adorável Ser Gigante carente de afecto.
Ele virá lê-la. Só pode. Virá admirar demoradamente a conversa entregue ao seu eu lindo e puro.
Sincero. Encantador. Magnífico.
Quando comentei o Post anterior fiquei preocupado, mas ainda bem que debelou o seu sentir de então.
Seja feliz. Faça o que sempre fez e deslumbre. Arrebate. Cative. Conquiste.
O mundo recebê-la-á de braços abertos, creia.
Sem mais, sempre a admirá-la.
Beijinhos de pura amizade, estima, consideração imensa e um respeito sincero

pena

Menina do Rio disse...

Concordo com Nietzsche; pois somos uma ponte entre o dar e receber, amar e ser amado. E como ponte temos que ter os dois lados, o ir e o vir, atravessar.

Tem um ótimo final de semana

Critical Watcher disse...

Que coisa bonita.
Gostei muito do post.
Um beijo.
=)

Multiolhares disse...

O amor ,já tantos poetas escreveram, já tanto se falou mas o que sabemos nós sobre o amor… tão pouco, penso que o bem maior deste mundo e a procura dos homens passa pelo amor, o acabar com as guerras, as desigualdades, a cobiça, a maldade, e tanto mais só o amor pode fazer, mas não o amor que conhecemos o amor dos sentidos, esse chega a ser cruel se damos também queremos receber, e isso não é amor, é como o que escreveste saber esperar, dar sem o outro se aperceber, fazer bem sem bradar ao mundo, no recato do coração deixar sair essa luz de pureza e dar sem esperar receber.

Espero que estejas bem, beijinhos do coração

DE-PROPOSITO disse...

''Amar-te-ei sempre''
--------
É claro, só acredita quem quer. É que o amar está relacionado com muitas coisas. Por vezes, um grande jogo de interesses.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

jasmimdomeuquintal disse...

é isso aí querida Lyra, também não soube esperar, cometi tantos erros...
e sim tmabém digo "Amar-te-ei sempre!!!" sem que veja aí qualquer falta de auto-estima ou d emaor próprio; isso não existe para mim!
Força!

JPD disse...

Olá!

Como tão bem ilustra o texto, os afectos são um bem de primeira necessidade, com variadíssimas particularidades:

- Terem de ser partilhados;
- Serem inesgotáveis;
- Influenciarem indiscutivelmente os nossos humores, o nosso quotidiano
- Etc, Etc.

Estará para vir o primeiro casal que não replique os milhões que o antecederam e não entre nesse grupo.

Fica bem

Paradoxos disse...

Amar-te-ei sempre amiga com o que de mais puro tem a amizade! :-)
gostei desse amor, no texto!
Beijão terno!

Éverton Vidal disse...

Antes de tudo, Nietzsche é meu irmao de sangue rs. O texto é maravilhoso, eu adorei, e nao vocë sabe o quanto me caiu bem esse texto neste instante.

Obrigado. Bj! Inté!

Maria Laura disse...

Sabes que sempre é até onde nós conseguimos prever? Não, não estou a ser negativa. E acredito que guardamos tudo o que damos e recebemos nas nossas relações. Mas também sou realista! :)

jasmimdomeuquintal disse...

Vim deixar-te um sorriso e um beijinho...

f@ disse...

Das presenças e das ausencias do sonho, do amor, e de todos os afectos vive o ser humano de forma o mais equilibrada que pode... construindo ou projectando para depois atravessar... "as pontes"
beijinhos das nuvens

instantes e momentos disse...

muito bom teu blog, fotos, textos, tudo. Vou voltar sempre
Parabens
Maurizio

Rafeiro Perfumado disse...

O amor não tem definição, muito menos uma dada pela Margarida Rebelo Pinto...

Å®t Øf £övë disse...

Lyra,
Amar é dificil, mas o pior é que nós não vivemos sem o amor. Amar é mesmo ser uma ponte, e outras vezes um porto de abrigo, mas a verdade é que as pessoas se sentem muito mais confortáveis em serem metas, e em se preocuparem só consigo. Por isso eu dizer que amar é dificil.
Mas é nas fases dificeis que nós aprendemos, ao tornarmo-nos mais experientes e maduros para encararmos melhor as surpresas futuras que a vida sempre nos reserva.
Não há nada como saber se esperar, e como esperar é tão dificil, podemos dizer que essa é uma das maiores virtudes do ser humano... quando a tem... e são poucos os que a conseguem ter.
Fico feliz por tu o conseguires, porque assim não tenho dúvidas que vais vencer.
Bjs.

azul disse...

"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos."

muito boa escolha.
encantador.

Luis F disse...

Falar de amor nem sempre é fácil... mas consegues delinear ao longo do teu belo post, este sentimento que une quem o sente.

Um belo post.

Parabéns

Com amizade
Luis F

Crisfonseca disse...

Teu blog, além de inteligente , é um espaço de reflexão e encantamento. Bela postagem
Beijos,
Cris

Cöllyßry disse...

Amor há que prevalece no tempo e espaço,dificil falar de amor, mas não neste belissimo texto...

Beijito

pin gente disse...

eu sei que sou doida... sei-o tão bem!

obrigada por me dares a conhecer uma margarida rebelo pinto que desconhecia... nunca tinha gostado dela assim.

abraço

Gerlane disse...

Precisas de amar e de ser amada? Não és a única! Compartilho também dessa necessidade!

Beijos e boa semana!

Lampejos disse...

Lyra,

amar, amar sempre...Desmedidamente!...

Amor é o sopro que me guia como um manto sagrado.

.............

Querida,

(a)braços,flores,girassóis :)

Madalena Barranco disse...

Ah, querida Lyra, sem amor, de fato, nada somos... Às vezes penso que nossas fibras são feitas desse "tecido" tão sentido e brilhante. Belíssimo texto!! Beijos e não se preocupe em visitas e atrasos > sempre é tempo para a poesia e belas letras. (Eu é que andei longe dos amigos porque fiquei sem computador por vários dias...)

gaivota disse...

o amor é tudo isso, damos e damos sem receber nada em troca
também recebemos tudo, é certo, mas não é nesta expectativa que abrimos o coração...
há amores eternos, como a saudade...
beijinhos

jguerra disse...

Minha amiga,
um texto lindo, profundo, cheio de significado. Ler essas palavras deixaram-me tonto.
Um abraço

Luis Eustáquio Soares disse...

salve, Lyra, querida amiga, a que, com passos leves, não fere o chão do mundo, mas o acaricia de novos atos nascentes, semeando infinitas possibiliades, de uma razão afetiva, fetos que nos afetam. espero que tenha superado as dificuldades, com o néctar de sua presença.
b
luis

Hanah disse...

"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver.”

¨¨¨¨¨¨¨¨

tudo isso é muito lindo...

todo o post...

obrigado por sua partilha...

beijos de boa semana para ti

Carla disse...

mesmo sem ser fã da autora confesso que gostei das palavras
beijos e boa semana amiga

Poeta Mauro Rocha disse...

Nietzsche, sem comentários!!!

Falando de Amor disse...

Olá, td bem?

Passando para desejar uma semana cheia de muita paz e inspirações pra ti querida...
Um bjo grande!
WL

Maria Clarinda disse...

Em beleza este texto que escolheste é lindo!
Jinhos de carinho

Maria Clarinda disse...

Em beleza este texto que escolheste é lindo!
Jinhos de carinho

Dalaila disse...

é mais fácil viver, mas como diz o MIguel Esteves Cardoso, viver é uma coisas amar é outra, é preciso viver para amar, mas amar é amar sem pedir mais nada

Noslen ed azuos disse...

Quero que você me diga sem palavras, vê sem óculos, ouve sem radinho e cheire sem nariz: Na linguagem do Caos “Deus é Amor”.

Bjin
NS

jasmimdomeuquintal disse...

Vim deixar-te um beijinho de luz. força querida...
Um bj

L.Reis disse...

O amor...! É um erro falar de amor...ele não cabe nas palavras que sabemos...vive nas entrelinhas de cada sentido e reescreve a sua própria história, no virar de cada maré.

Sr do Vale disse...

Lyra, e por falar em ausência, eis que estou de volta, tentando atualizar-me, o que não vai ser nada fácil com tanta coisa boa que os amigos como você disponibilizou nestes últimos tempos.
Mas damos um geitinho, bem brasileiro e aos poucos vou "revendo" os amigos, que um dia tive o prazer de conhecer, mesmo que este prazer tenha sido virtual.

Lyra, um grande abraço.

Delirium disse...

Porra.!(me desculpe a expressão), que saudade desse blog, que saudade de você, que saudade dos seus comentários...
Como você tá? aaaahhhh
Não dá pra ler todos os posts que quero agora, mas juro que leio e comento depois, passando só pra mandar aquele beijo. Te cuida.

NM disse...

Nada como um texto deste género para nos fazer descer à terra e meditar. Parabéns!
http://prazeroculto.blogspot.com

Ravnos_Blacklotus disse...

Ah, sofro ainda hoje desta enfermidade. É forte mas não há melhor remedio que o tempo. Vejo que tem certa imunidade, não leva o rancor e o ódio que são alguns efeitos colaterais do medicamento.
Realmente um bonito post.
Minha cripta está novamente de portas abertas. Falta sua visita.
[risos]
beijo e @},-----

Leonor disse...

já li duas vezes e confesso que da primeira vez ia caindo para o lado quando vi o nome da autora (ouro preconceito, claro, porque gostei imenso do texto).

como acho que pre- pensar é um defeito que não devo ter, voltei.

sobretudo porque era um texto que te dizia o suficiente para o pores aqui. a vida vai-nos ensinando, é bem verdade. agora que já tenho 44 anos, não queria de maneira nenhuma ser mais nova. já passei por muito, e certamente ainda passarei por ainda mais, mas a capacidade de suportar, encarar as coisas e agir são surpreendentes no ser humano. E andar com a bola para a frente.

beijinhos Lyra, a tua vida espera por ti

Bill Stein Husenbar disse...

Amar sempre! Como nunca amamos, como nunca iremos amar...

Excelente post.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

mowichum disse...

Love your site man keep up the good work

online pharmacy

cedamott disse...

ha, I will experiment my thought, your post bring me some good ideas, it’s truly amazing, thanks.

cheap clomid