quarta-feira, 9 de abril de 2008

Ausência temporária

Queridos amigos e visitantes:

Por razões de "força maior" (risos), vou estar ausente deste espaço por uns dias. Essas razões prendem-se com o facto de que adoptei uma gatinha bebé e vou hoje buscá-la. Visto que este novo membro da família vai precisar de muita atenção, terei de lha dar na percentagem máxima que me for possível, aproveitando para me deleitar com esta miniatura felina.

Entretanto aqui ficam umas..."divagações" de boas vindas à gatinha Matilde:

"Ode ao Gato

Os animais foram
imperfeitos,
compridos de rabo, tristes
de cabeça.
Pouco a pouco se foram
compondo,
fazendo-se paisagem,
adquirindo pintas, graça, vôo.
O gato,
só o gato
apareceu completo
e orgulhoso:
nasceu completamente terminado,
anda sozinho e sabe o que quer.

O homem quer ser peixe e pássaro,
a serpente quisera ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para andorinha,
o poeta trata de imitar a mosca,
mas o gato
quer ser só gato
e todo gato é gato
do bigode ao rabo,
do pressentimento ao rato vivo,
da noite até seus olhos de ouro.

Não há unidade
como ele,
não tem
a lua nem a flor
tal contextura:
é uma só coisa
como o sol ou o topázio,
e a elástica linha em seu contorno
firme e sutil é como
a linha da proa de um navio.
Seus olhos amarelos
deixaram uma só
ranhura
para jogar as moedas da noite.

Oh pequeno
imperador sem orbe,
conquistador sem pátria,
mínimo tigre de salão, nupcial
sultão do céu
das telhas eróticas,
o vento do amor
na intempérie
reclamas
quando passas
e pousas
quatro pés delicados
no solo,
cheirando,
desconfiando
de todo o terrestre,
porque tudo
é imundo
para o imaculado pé do gato.

Oh fera independente
da casa, arrogante
vestígio da noite,
preguiçoso, ginástico
e alheio,
profundíssimo gato,
polícia secreta
dos quartos,
insígnia
de um
desaparecido veludo,
seguramente não há
enigma
na tua maneira,
talvez não sejas mistério,
todo o mundo sabe de ti e pertences
ao habitante menos misterioso,
talvez todos o acreditem,
todos se acreditem donos,
proprietários, tios
de gatos, companheiros,
colegas,
discípulos ou amigos
do seu gato.

Eu não.
Eu não subscrevo.
Eu não conheço ao gato.
Tudo sei, a vida e seu arquipélago,
o mar e a cidade incalculável,
a botânica,
o gineceu com seus extravios,
o pôr e o menos da matemática,
os funis vulcânicos do mundo,
a casaca irreal do crocodilo,
a bondade ignorada do bombeiro,
o atavismo azul do sacerdote,
mas não posso decifrar um gato.
Minha razão resvalou na sua indiferença,
o seu olho tem números de puro. "

- Pablo Neruda -

Voltarei brevemente e, com toda a certeza, felinamente inspirada.
Até lá, um grande bem haja para todos!

31 comentários:

Rui disse...

Até já.

Miaaaaauuuuuuu...

kakauzinha disse...

Lyra,

Que tenhas momentos muito doces (e vais tê-los!) com a tua mini felina.

Eu sempre tive animais, imensos gatos também e tenho agora 4, os meus bebés, adoro-os. Os gatos são ternos, dedicados, alguns super inteligentes, "conversam" connosco com os seus miaus e renhanhaus, felpudos, macios, asneirentos, são criaturas fascinantes.

Beijinho muito azul*

Bandys disse...

Que a gatinha possa trazer alegria e momentos belos.
Beijo no ♥

Pena disse...

Simpática Amiga:
Teve uma atitude sensata e repleta de dignidade.
Revela-se um ser adorável e terno.
Existe distribuindo delicia no seu sentir e no encanto da sua profunda significação.
Beijinhos de respeito pelas opções que faz na vida com delícia e ternura.
Sempre a considerá-la com forte estima

pena

o das caldas disse...

Já te vi hoje e não estás um CAOS!
2 beijinhos

Angel of Light disse...

Querida, vim deixar-te um enorme beijinho cheio de Amor, Paz e Luz!

Tens agora uma nova missão nesta tua vida! Cuida bem da gatinha. Os gatos são seres fascinantes. Carregam com eles grandes mistérios e limpam a negatividade que paira no ar.´

Cá te espero cheia de Luz!

Bjhs ao índigo fofinho(a).

ALEPH DAVIS disse...

Evoé, Lyra!
Que coisa boa esse poema do Neruda, confesso que esse eu não conhecia. Também quero um gato.
Até a volta, então...
Abreijos textuais,
do Davis.

Luis F disse...

Amiga

Volta então depressa...

Beijinhos

Éverton Vidal disse...

Que beleza de poema, adoro Pablo Neruda.

Cuide do gatinho e volte logo rs. Eu também vou ficar ausente um tempinho, solo un ratito no más rs.

Repassei um selinho pra você no meu blog. Nao se preocupe em respondê-lo, só aprecie rsrs.

Abraço.
Inté!

Starseed disse...

Boa Lyra! Trata bem do gatinho... o gatinho tal como tu e como todos nós, também é uma extensão do Criador, da Fonte, de "Deus"... também é um filho do AMOR!

Até breve,

Starseed

f@ disse...

As boas vindas à Matild e parabéns pela adopção, tenho 3 gatinhas e um gato, já os viste lá nas nuvens?
Lindos e grandes amigos...Tb tenho uma cadela branca e brincalhona...
tb gosto mto da ode ao gato , em tempos tb fiz um post, porque diz tudo dos gatos + só eles mesmo de perto no dia a dia,.. vais ver... miau e rom rom com beijinhos das nuvens

Cantinho dos devaneios disse...

Cá fico à espera das felinas fotos... ;-)

Oliver Pickwick disse...

Aonde vai buscar esta gata afinal, na Nova Zelândia?
Um beijo!

carvoeirita disse...

que bom!!!
depois conta se o processo de adopção, neste caso felinação correu bem!!!
E queremos fotos!
beijinhos

Bobi disse...

Pelos Cães assina esta Petição
http://www.peloscaes.org/

Rafeiro Perfumado disse...

Por um motivo tão nobre, nem devias apresentar qualquer justificação, bastaria uma foto da "pequena" daqui a uns dias.

Beijoca!

Milena Marília disse...

eita, novos familiares!!! boa sorte com a gatinha!

Paradoxo disse...

Só tu, uma Gata :-)
beijão miu miu

Noslen ed azuos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Noslen ed azuos disse...

Fui me assustando e encontrei o mestre...Pablo Neruda.
abração
NS

Vieira Calado disse...

Pois então!...
Mas sempre há-de arranjar tempo para um outro poema, talvez de outro autor, sobre os gatos...
Cumprimentos

Sr do Vale disse...

Já ouvi falar, que os cães pensam como os homens e os gatos, como deuses.

Uma coisa curiosa aconteceu, entre ontem e hoje, histórias de gatos tem entrado em meu caminho e olha que não tem animal nenhum em casa como membro da família, apenas agregados, como: morcegos, largatixas, pernelongos, baratas, formigas, joaninhas, tatuzinhos, lesmas, beija-flores e outros, mas todos a seu modo.

Lyra, estou linkando sua Linguagem ao Partículas.
Abraços %)

Lorena disse...

Ótimo!!
Confesso que prefiro os cães, mas admiro o orgulho e a soberba dos gatos, tão donos de si... Um gato é sempre um gato, enquanto o cachorro tem sempre algo de humano. Eu gosto dessa independência animal que é o gato. =)

Mas filhotes são sempre filhotes, e sua Matilde vai ser uma aprendiz de orgulhosa, ainda bem brincalhona e desengonçada. Adoro filhotes!

Obrigada pelo prestígio. Adoro quando você passa pelo meu blog, adoro vir aqui e te ler. Adoro o sotaque de Portugal. =)

Abraços.

lua prateada disse...

Ok ocupa-te bem dela ,coitadinha também merece...
A felicidade é feita de pequenos nadas pequenos gestos de amor um beijo um sorriso,um olhar simpático ou um elogio sincero.Por isso aqui passei deixando tudo isso para teu fim de semana.
Beijinho prateado
SOL

Dalaila disse...

parece-me uma excelente razão, eu que tenho uma, não vejo melhor, principalmente quando ela trepar para as teclas do computador e escrever tb

legivel disse...

... primeiro a gatinha depois nós... Ok!, quando regressares não venhas com uma cena do género "amigos, vou estar ausente mais uns tempos por razões de força maior: adoptei um elefante bebé e... "


festas à gatinha e sorrisos para ti.

Crisfonseca disse...

Olá , adorei teu blog, vou voltar sempre. Muito bom mesmo
Beijos,
Cris
meu blog é http://cristianafonseca.blogspot.com/

Angel of Light disse...

Olá querida! Apesar de andares a tratar desse novo membro da família, passei para te desejar um bom fim-de-semana!

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz e lambidelas docinhas à Matilde...

Maria Laura disse...

Ora, ora, somos preteridos por uma gatinha... :)) Então isso faz-se? Felicidades para ela, ao teu lado.

PiresF disse...

Cuidado, os gatos são muito independentes.

Não conhecia esta Ode.

Até já.

Kênia Garcia disse...

Que lindo!
É tão bom animais de estimação!
Cuida bem dela ta!? ^^

Beijos e belo fim de semana pra ti!