domingo, 25 de maio de 2008

Viajar no Tempo V - Paradoxos

Para fechar este ciclo, de viajar no tempo, aqui deixo o vídeo que nos mostra onde estamos, presentemente, na nossa pesquisa cientifica de máquinas do tempo.

Discovery - First Time Machine


Esta concepção é de Ronald Mallett , um professor norte-americano de física de uma Universidade de Connecticut.

Devido à morte de seu pai, quando ele tinha apenas 10 anos, decidiu criar uma máquina do tempo, gerando uma obsessão para tentar voltar no tempo e salvar seu pai. Segundo Ronald Mallett, ele já está muito próximo de terminá-la.

O Seu projecto baseia-se num conjunto de raios lasers que, em forma de espiral, teriam potência suficiente para deformar o espaço-tempo, proporcionando assim a viagem para o passado e para o futuro.

No entanto, mesmo que seu projecto funcione e uma eventual máquina do tempo seja criada, Ronald Mallett não poderia salvar seu pai, uma vez que isto acarretaria um paradoxo temporal cíclico. O paradoxo é simples: se Ronald Mallett teve a ideia de criar uma máquina do tempo simplesmente para salvar seu pai (convencendo-o a parar de fumar), caso ele consiguisse convencê-lo, ao voltar para o presente, o seu pai estaria vivo, mas isto seria impossível, pois se o seu pai estivesse vivo, ele nunca teria imaginado criar uma máquina do tempo, porque o fundamento para a criação desta fora a morte do seu pai, que através da criação da máquina do tempo, nunca acontecera. Consequentemente Mallett ficaria preso neste ciclo vicioso, sem nunca poder salvar o seu pai de facto...

E neste video podemos perceber todo este mistério na perfeição:

Time Travel: Einstein's big idea (Theory of Relativity)



Pois é...ainda estamos longe de uma máquina do tempo plausível...

Mas, até lá, vamos sonhando!

E vocês, o que fariam se pudessem viajar no tempo?!
.

30 comentários:

Camilla disse...

O dia que inventarem uma máquina do tempo, serei eternamente grata ao criador. Que beleza! Poder refazer tudo, dar um jeito nos erros, rever pessoas que se foram. Fantástico. Assim como o teletransporte, isso poderia dar certo!

Anónimo disse...

Eu viajaria até ao tempo em que fosse possível viver noutros planetas e, quem sabe, conhecer outros povos...

Nunca se sabe, né?

Yara e Marcelo

Crisfonseca disse...

Linda postagem, adoro teu blog.
Beijoss
Cris

Maria Clarinda disse...

Já lá ando, Amiga...
Jinhos mil

antónio paiva disse...

...

eu que ando sem tempo...

já inventei algumas maquinetas dessas mas nenhuma funciona...

o tempo engana-me sempre... e passa o tempo todo a copular com as minhas memórias...

eu gostava de ter muito tempo para poder estar com ele...

:)*

...

poetaeusou . . . disse...

*
esvoaçar,
os sentimentos,
ausentes,
no tempo,
,
conchinhas
,
*

Iana disse...

Vindas de longe.
Lindas...intocáveis e imortais.
Não tinham perfume...eram virtuais.
Traziam,
todo o encanto de um carinho,
que viajou pela Internet,
e, mesmo desse jeito, elas vieram
resplandecendo de magia.
Falavam de amizade;
passavam ternura,
e nessa mistura...eu me emocionei
Senti não poder tocá-las
ou mesmo colocá-las
num cantinho especial.
Então, guardei-as
bem no fundo do meu coração.
Embora fossem simples flores
virtuais fizeram brotar emoções
bastante reais.
E, eu sei bem o porquê...
nelas havia um pouquinho de você!!!

TENHA UM ÓTIMO INÍCIO DE SEMANA!!!

Beijos .

Iana!!!

Nadja Reis disse...

Não sei o que eu faria.Boa pergunta!rsrsrs...Ah,e obrigada pela visita ao meu blog!E pelo comentário também! =)

Anunn disse...

“Devido à morte de seu pai, quando ele tinha apenas 10 anos, decidiu criar uma máquina do tempo, gerando uma obsessão para tentar voltar no tempo e salvar seu pai. Segundo Ronald Mallett, ele já está muito próximo de terminá-la.”

Juro que me assustei quando li esta parte. XD

Uma máquina do tempo parece-me muito ficção científica, não consigo imaginar isso ser realidade, no entanto muito do que antes era apenas ficção científica é hoje realidade… por isso nunca se sabe. =p

Por acaso eu já fiz uma espécie de viajem no tempo heheheh. Uma vez não sei o que aconteceu que o meu telemóvel lembrou-se de mudar a data, e ficou um dia adiantado, e eu tive o tempo quase todo a pensar que tava naquele dia até descobrir que aquilo tava errado. Na altura fiquei a sentir-me uma espécie de viajante do tempo heheheh XD

Boa semana =)

Beijo****

pin gente disse...

viajar por viajar?
se assim for prefiro ir a Paris

beijo

Defensor disse...

Salve
..uma idéias tentadora poder viajar no tempo.
Se eu pudesse voltar no tempo, não teria cometido tantos erros. Bem, mas aí não teria graça a vida, não é?
Abraços, boa semana

Lorena disse...

Que ótima série, Lyra! Aprendi tanto com ela...

Se eu pudesse viajar no tempo aproveitaria para conhecer aqueles que sempre admirei mas infelizmente morreram antes de eu poder ter a chance de me encontrar com eles...

Oliver Pickwick disse...

Ah! Visitaria a Ásia Menor, do tempo da antiguidade; as Ilhas Britânicas e parte da Europa, na baixa Idade Média. As antigas China e Japão.
Quanto ao futuro, é mais emocionante esperar. Não faria tal viagem.
Um beijo!

kakauzinha disse...

Todas as experiências que nos possam abrir a mente e alargar os nossos horizontes são sempre desejáveis.

Eu adoraria saber porque estamos cá, ter a noção do princípio, meio e fim do espaço, por onde andam os aliens (se é que andam), enfim, afinal que "bola" é esta?!

Bjus blues***

O Profeta disse...

Eu viajo numa coisa chamada "Máquina do Tempo" que por acaso é a minha companhia de teatro e que se chama assim...


Doce beijo

* hemisfério norte disse...

queria via ja r
no
tem po
e abraçar quem já partiu
bjs
a
http://miniminimos.blogspot.com/

Menina do Rio disse...

Se eu pudesse viajar no tempo, voltaria ao passado pra consertar alguns erros não só meus, mas que acarretariam em coisas boas

Um beijo

Cöllyßry disse...

Viajar no tempo, ilusão…
Já a viajar pela memória é complicado, mas ai sim seria um bem.
O Humano não para de tentar o impossivel em fisico...

Doce meu beijo e um enorme sorriso

FM disse...

Obrigado pela Visita ao "Talvez"... Proponho-te que visites o "Essências".
Sê Feliz!

Éverton Vidal disse...

Que interessante essa série Lyra!

Li em algum lugar que esse "paradoxo temporal cíclico" talvez nao seja problema caso existam possiblidades paralelas.

oceanus disse...

...voltarei e com mais cuidado procurarei ler tudo...

muito interessante!

com a "máquina do tempo" viajava para sempre.

bjs do fundo do Oceanus

impulsos disse...

Uma temática diferente e bem interessante, sobre um dos maiores mistérios da vida e sobre o qual todos nós, mais tarde ou mais cedo, paramos um pouco para pensar...
O tempo, esse adorável ser sem corpo, mas pelo qual todos passamos ou como alguém me dizia "nós não passamos pelo tempo... ele é que vai passando por nós". É tudo uma questão de perspectiva.
Mas uma máquina do tempo, faria as delícias de milhões de pessoas no mundo, a começar já por mim!

Beijo

legivel disse...

... a curiosidade levar-me-ia a viajar em frente; nunca para trás, que por aí já tive notícias que bastassem de misérias sucessivas em catadupa e poucas alegrias.

Provavelmente arrepender-me-ia, que as previsões são no mínimo de futuros incertos, mas haverão sempre novidades positivas sobretudo na área da tecnologia... e do desporto. Saber o Sporting campeão nacional por cinco anos consecutivos de 2020 a 2025, por exemplo.

beijinhos e sorrisos.

veritas disse...

Olá!

A vida muitas vezes coloca-nos perante afazeres que não nos permitem deixar, por aqui, os traços da nossa presença.

Bjs. Boa semana.

Noslen ed azuos disse...

Acho tudo muito complexo, a existência é complexa ao extremo, ao mesmo tempo acho que a verdade é simples, tão simples que só os mestres da luz conseguem sentir; neste caso descarto a inteligência ‘intelectual’, creio que nossa mente é limitada para compreender a verdade, achando sim que a ‘intuição’ seria mais capaz de entender os mistérios.

Quando o homem puder estar, talvez na quinta dimensão conscientemente, conseguirá viajar no tempo e assim tentar resgatar do passado a ‘sabedoria’ das outras raças perdidas no tempo.

Belo post Lira fico :o) de te conhecer,
Bjs

NS

EDUARDO disse...

poderosamente, sem dúvida!!!
beijão


paradoxos

Nyna disse...

Se eu podesse voltar no tempo, iria aproveitar mais algumas coisas, amar mais, e me preocupar menos com as "coisas do mundo".

=]

Auréola Branca disse...

Lyra, não sei se concordo com a máquina do tempo. Faríamos coisas sem nos preocupar com as consequências, e teríamos o poder de modificar as vidas de pessoas, sem que elas autorizassem, nem quizessem, isso.
Assisti ao incrível filme "Efeito Borboleta", onde o protagonista tinha o poder de voltar no tempo. A sua vida modificava, e ele nunca estava satisfeito. Isso criaria apenas, um misto de confusões e ninguém mais teria um passado de erros e experiências aprendidas com eles.
Mesmo assim, é possível que inventem uma forma de mudarmos tudo, nem que seja nosso futuro.

Abraços.

Å®t Øf £övë disse...

Lyra,
Como viajar no tempo é uma coisa completamente fora dos meus horizontes, não consigo imaginar o que faria se tal fosse possível, nem em sonhos.
Bjs.

Anónimo disse...

Eu acho que se tal máquina existisse pessoas iriam poder mandar tecnologias avançadas para o passado(presente) fazendo com que o futuro fique ainda mais avançado e remandando coisas para o passado até que nós, humanos, descobrirmos tudo sobre o universo.